Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Mas o que raio se passa com o mundo!? Agora não se pode sair de casa, há aulas em online, as lojas não estão abertas, não podemos estar juntos?

Pior, como explicamos a crianças que estão fechadas há um mês em casa que até SETEMBRO vão ficar sem aulas nem colégio nem amigos nem nada?? - sim, só faltam 5 meses! 

Como é que, os colégios pensam fazer relativamente às mensalidades, sendo que os pais estão a ter o trabalho que seria o deles? - de qualquer faixa etária????

E os pais que estão em teletrabalho? Vão ficar até Setembro? As entidades patronais vão perceber isso? 

Será que vamos chegar a Setembro com a taxa de divórcio a disparar? Será que vamos sequer chegar a Setembro? 

 

A brincar, muitas destas questões tiram-me horas de sono. Tento levar a coisa com alguma leveza (para bem da minha sanidade mental) mas facto é que, ver a minha filha de 7 anos a ter 45minutos de "aula" online onde mais de metade e a cumprimentar os colegas e não ver retorno nenhum a não ser folhas e folhas de trabalhos não está a ter muita piada. Eu estou a trabalhar, tal como o meu marido, com a diferença que o faço no meu local de trabalho. Apesar de não me parecer dificil, não fui talhada para professora. 

Estou a começar (ainda vou na parte do ínicio) a ficar um bocadinho preocupada com isto... por mim, pela minha família, pelos meus pais, pelos meus irmãos, pelas nossas empresas, pelos nossos postos de trabalho, pela economia do país, que tenho sérias dúvidas que aguente mais que duas semanas assim... Como todos os portugueses estão à espera do reembolso do IRS, e o governo manda todos ficar em casa, como é que é suposto vivermos? Continuamos a consumir alimentos, água, luz, gás, pouca mas ainda assim a consumir gasolina... E quem vai pagar isso? Eu faço a minha parte e trabalho, com a segurança devida, com medo, mas enquanto posso, vou fazê-lo - mas começo a ficar com medo...

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.