Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

27
Jun19

Quando já não estás

entrefraldaselivros

Quando andei no secundário, ao que parece ter sido uma vida inteira atrás, conheci uma pessoa que mudou a minha vida. 

Era mais velho que eu, e o grupo de amigos dele, que à primeira vista não se iriam identificar nada comigo, passaram a ser OS meus amigos durante muito tempo e em muitas aventuras. Mas foi ele que sempre esteve lá.

Sabia, mesmo sem falar comigo, quando alguma coisa se passava, boa ou má. Sabia quando eu precisava de um abraço ou de ir desanuviar, ou só conversar durante horas - fizémos isso tantas vezes. Ligava-me só porque sim, "protegia-me" de coisas que foram só nossas, eu sempre fui a miúda.

Fomos amigos desde os meus 15 anos até aos 27. 12 anos de amizade sem trocas. Sem pedir nem esperar nada. Aqueles amigos que estão sempre lá.

Faz hoje 8 anos que recebi a notícia que ele tinha morrido num acidente de mota, estava eu a tirar a carta de mota. Penso nele tantas vezes, ainda me questiono tantas coisas, gostava que ele visse como estou agora - tenho a certeza que ia ficar muito orgulhoso. Tínhamos o ritual de TODAS as manhãs, sem excepção, falarmos no chat do gmail. Sobre tudo. Há anos que o meu chat não mexe. Fazes-me tanta falta. Qual é o indicativo de onde estás? Estás a ver-me aí de cima? Eu sei que de vez em quando piscas o olho e dizes o teu "boa miuda" com aquele sorriso.

Se calhar por saber isso, ainda não consegui chorar nem apagar o teu número, por mais parvo que seja, 8 anos depois - no ano em que toda a minha vida mudou.

02
Mai19

Novidades aqui da terrinha

entrefraldaselivros

Olá olá!

Para quem acha que andamos aqui todos com pouco para fazer, desenganem-se. Não paramos; estamos sempre a fazer alguma coisa. O Miguel está com uma evolução fantástica, e a Matilde está com óptimas notas e cada dia mais esperta e saída da casca.

O bullying escolar parece ter abrandado (infelizmente foi preciso eu me impor e falar "a sério" com a nova direcção para que alguma coisa acontecesse mas, pelo menos aconteceu). Desengane-se quem acha que colégios privados são para riquinhos e que não acontecem fenómenos estranhos. Não é verdade. Nesses locais também há aves raras que gostam de atormentar os mais sensiveis das mais variadas formas. Lembrem-se que há pais que não têm grandes opções para o ensino dos filhos a não ser o privado, ou por não ter horários fixos, ou por não ter horários compatíveis, ou por não considerar que, como os professores não são devidamente remunerados, poderão descarregar as frustações nas crianças e não puxar por elas o suficiente... Lembrem-se que é nesta idade que se começa a formar a personalidade que mais tarde fará dos nossos filhos os adultos de amanhã.

Assuntos mais leves: 

Cada dia me rio mais com o quão cómico é criar um ser humano homem. Sempre tive só meninas (as minhas irmãs mais novas, a minha filha..), já o meu filho tem uma doçura especial no olhar, uma forma muito carinhosa de adormecer comigo - quando está para aí virado. 

Tem um riso muito leve e cómico, que ainda dá mais piada. 

 

E vocês? Têm estado a aproveitar estes dias como nós?

02
Mai18

Gravidez e o que achamos

entrefraldaselivros

E como vai essa gravidez? perguntam vocês! Ora, acabei de ver um vídeo da Bumba na Fofinha que me deu vontade de rir. Não acho que desde que soube que estava grávida tenha agido como ela diz. Não falo só no bebé, mas falo em semanas, apenas por ser mais pratico, no entanto confesso que até eu me perco muitas vezes. Não acho, de todo, que gravidez seja um estado de graça. Quem diz isso só pode nunca ter estado grávido. Os pés incham, temos calor e frio ao mesmo tempo, as mudanças de humor são constantes, não falando do aumento de peso e volume corporal, a amada obstipação, as vontades e desejos...As mamas crescem que é um disparate, a barriga, às tantas, dói se estivermos sentadas muito tempo, e isso é válido para barriga, pernas, costas..bom, qualquer parte do corpo, mesmo. 

Não é uma altura em que estejamos nós próprias. 

Depois desta descrição, digam-me, ainda acham que é um estado de graça? Que se recomende assim muito? É que eu não acho... 

21
Fev18

Novidades a caminho

entrefraldaselivros

Pois é, pois é.. Andamos meio desaparecidos deste lado, mas prometo que é por uma boa causa, só ainda não vou adiantar o quê.

Estamos óptimos, a Matilde esperta que doi. Agora, todos os dias, quando se levanta, vai ao quadro dela do quarto e escreve a data, tipo escola 

Estamos com falta de tempo, infelizmente o dia não tem horas suficientes para tudo e há tantas coisas que queria partilhar convosco mas para já ainda nao posso.

E desse lado, como estão todos?

16
Jan18

16 de Janeiro? Como assim!?

entrefraldaselivros

Como já vamos a meio do mês e não vos desejei bom ano?

Que grande falha a minha. MAs mais vale tarde que nunca, que isto de andar a 1000 tem destas coisas.

Têm sido uns dias lixados. Um ínicio de ano original - ora bem, eu que nunca tive um acidente, a semana passada, quando estava a chegar a casa dos meus pais, escapou-me o pé do travão e pumbas, toca de bater na traseira do da frente. O meu carro não teve nada, já o outro... Nem 24horas depois, em plena Av 5 de Outubro, estou eu na minha, e toca de levar com um carro em cima.

Vou à oficina no dia seguinte (que já previa fazê-lo para ver os estragos do meu acidente) e dizem-me que com a frente não tenho nada, apenas com a batidela pela lateral. Agora, toca de esperar pelo perito. 

O meu cão, do nada, fica coxo de uma pata, toca de ir ao vet, gastar uma pipa de massa, e não encontrarem nada. Cão a antibiótico, antiinflamatório, anti tudo e com uma parabólica na cabeça.

Por isso, quem quer que seja que anda aí a brincar com o bonequinho de voodoo, dê lá um descansinho que a malta não aguenta assim.

02
Mai17

Mudanças

entrefraldaselivros

Cada vez mais vejo que, a idade traz maturidade e sabedoia mas, infelizmente, não é a toda a gente. Os abençoados que conseguem essa grande aquisição e que têm o prazer de a partilhar com quem está mais próximo são de facto os mais afortunados.

Considerei-me, durante vários anos, uma afortunada, por ter amigos/as que teria a certeza fazerem o mesmo que eu fazia por eles. TUDO. O tempo mostrou-me que não. Felizmente, para mim, a tempo vi que não é de todo assim. As vidas tomam os seus rumos e as pessoas percebem que não têm nada em comum e damos por nós a pensar como é que víamos uma amizade assim tão inabalável.

Por isso, e vejo por mim e pelas voltas que tenho tido e pelas grandes surpresas que me têm acontecido, não tomem nada como garantido. A uníca garantia é a nossa família e pouco mais. Felizmente esses estão "obrigados" a aturar-nos. Olhem para trás e vejam quem é que esteve sempre lá, quem é que não virou costas, quem abriu os olhos.

Não vale só pelas palmadinhas nas costas nem pelas palavrinhas de incentivo.

29
Mar17

IRS - Isto Rouba Sujeitos

entrefraldaselivros

Malta, ponham-se a pau. Vai começar a maratona ao belíssimo site das finanças, aquele site extremamente intuitívo, para fazer o IRS (os mais corajosos) ou pagar a alguém que faça por elas. Para algumas famílias é uma boa altura, para outras é altura de se fecharem num bunker e só sairem em Agosto.

Uma questão que me assombra: comprámos casa no ano passado, porque raio é que pagamos uma batelada (e ponham batelada nisso) de juros ao banco e isso nao entra no IRS!? É injusto. Nem toda a gente comprou até 2011. (Haviam promoções nessa altura?)

 

Boa sorte e que o Marcelo vos acompanhe!

13
Fev17

Todos voam um dia

entrefraldaselivros

Dizem que todos os passarinhos, um dia, têm de voar, não é? Tenho cá para mim que, e não vou ser modesta porque todos os dias vejo o resultado disso, criei muito bem as minhas irmãs. Tenho 8 anos de diferença de uma delas e 12 anos da outra. Sinto a mesma responsabilidade para com elas que sinto com a minha filha.

A minha irmã mais nova "deu o primeiro vôo" este fim de semana. Foi de erasmus. Apesar de não ter ido para longe, para mim é como se tivesse ido para a australia (na realidade está na terra de nuestros hirmanos). Saiu de cá ontem de manhã e chegou à noite ao destino. Só fui capaz de dormir quando falei com ela e percebi que estava bem (mas tenho o coração apertadinho, apertadinho).

Sei que ela já é uma mulher, e de todos os meus irmãos, é a mais parecida comigo. A mais desenrascada, a mais independente e a que mais rapidamente se safa num problema. Estaria mais preocupada se tivesse ido para um sítio onde pudesse haver troca por camelos porque, tanto uma como a outra, ficaram uns mulherões que valem camelos a dar com um pau.

Como não consegui por uma ancora na rapariga, deixei-a ir, pedi-lhe que se portasse bem, que não fizesse nada que eu não fizesse e que, acima de tudo, se divertisse. Deve ser uma experiência única.

 

30
Dez16

Adeus 2016, olá 2017

entrefraldaselivros

2016 está no fim e com isso, posso mais uma vez, fazer o balanço daquilo que foi um ano diferente. Este ano demos um grande passo e comprámos a 1a casa. Foi também este ano que vimos quem podemos contar, quem está connosco, quem gosta de nós pelo que somos. Foi um ano de vitórias, de alegrias, de conquistas. Juntámos mais um membro à familia, deixamos medos para trás e somos felizes. Venha 2017 que 2016 já deu o que tinha a dar.

Que 2017 seja o que vocês desejam. O dobro do que querem para mim é o que desejo para todos. Não se desgracem amanhã.

19
Dez16

Idades para deixar pequenos consolos

entrefraldaselivros

Qual é a idade certa para os nossos miúdos deixarem os pequenos consolos, seja fralda, xuxa, biberon, leite à noite?

Por aqui, basicamente, foi tudo este ano. A fralda durante o dia, a M já não usava há mais de ano e meio. Durante a noite ainda haviam alguns descuidos.

No verão, quando fomos de férias, pareceu-me a altura ideal para deixar isso de lado e o leite da noite. Já é uma "menina crescida" e por isso há coisas que já não são necessárias.

Quando bateram os 4 anos foi tiro e queda. Já tinha andado a preparar terreno "com 4 anos, vem uma fada que precisa de levar as xuxas para os outros meninos e meninas mais novos que não têm". Ela é muito esperta e percebeu. No dia em que fazia 4 anos, perguntou-me se a fada já tinha vindo. Como não consegui encontrar TODAS as 5416574646 xuxas, disse que não mas que devia estar por aí a aparecer.

Não chegou a uma semana depois e já estávamos a dormir sem acessórios, também graças ao Echo (o nosso mais recente membro) que roeu parte delas - foi uma boa ajuda.

Neste momento, não há fraldas, xuxas nem leite para dormir. Já pode ir para qualquer lado sem ter de levar toda uma panóplia de coisas atrás.

Muito mais fácil. Agora vamos ao treino da 2a cria, que não está fácil.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

O que estou a vender no OLX

Skin