Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

28
Jun17

Tipos de violência

entrefraldaselivros

Muito se fala agora no bulling. Tudo é bulling. No meu tempo (que não foi assim há tanto), não tinha nome, era só mesmo miudos/as com a mania que gostavam de aterrorizar a vida aos outros.

No meu tempo, os pais tinham mão suficiente para dar uma palmada aos filhos, na hora certa, sem serem recriminados pela sociedade ou pela ordem dos psicólogos ou até mesmo tribunal de menores.

No meu tempo, se uma criança com 4/5/6 anos nos empurrava, nós empurravamos de volta. Era instintivo. 

No entanto, ao que parece, a estas crianças cujos pais estão mais ausentes que outra coisa, é-lhes permitido ser o "lider" dos seus pares. Tratar mal as crianças. Aconteceu à minha frente, foi o azar. E fui eu quem a chamou à atenção. Se fosse minha filha, não teria, jamais, um comportamento assim, porque não é assim que ela é educada, não são essas as bases dela.

Esta criança em questão é má. É um nariz empinado, tem a mania (e só tem 4/5 anos - vamos fugir quando crescer), tem que ser superior em tudo.

 

Nunca poderia ser minha filha.

 

 

Não há só este bulling. Há um ainda pior. O bulling psicológico. O medo que nos atazana a cabeça de sermos gozados em público por sermos demasiado gordos, demasiado magros, demasiado altos ou baixos, por sermos loiros ou morenos, por sermos heterosexuais ou homosexuais ou até mesmo por não sabermos o que somos. Estamos no século XXI. Em pleno século XXI, no mesmo dia, vejo uma criatura que se auto-intitula taróloga, na televisão e em horário nobre, a dizer baboseiras sobre uma mãe recente. Que ninguém que foi mãe há meses ainda tem o corpo assim ou assado, que não é exemplo para se dar.

Raramento vejo as respostas das figuras públicas mas desta vez reparei na resposta. E aplaudo de pé! Poucas são as mulheres que têm a coragem de fazer duas cesarianas com 11 meses de diferença e aceitar assim a maternidade (a minha foi há quase 5 anos e eu ainda tenho medo). 

Vergonha deviam ter essas pessoas que se dizem figuras públicas, ao tentar enxovalhar em praça pública, uma pessoa. A senhora em questão que teceu comentários como “Não ser normal ela estar assim” um mês depois de ter tido um filho e ainda sobre “não estar a dar um bom exemplo em termos de saúde” e que “devia ser seguida por um nutricionista” devia tirar 15 minutinhos do seu ocupadíssimo dia (sim, porque ser-se figura pública não é um mar de rosas, tem toda uma logística por trás...) e pensar - será que se eu disser isto não vai piorar a minha imagem? (claramente vai, d. maya). não vai trazer, para além de publicidade gratuita (não que precise), uma revolta por parte das pessoas? (sim, vai, d. maya.

Pergunto-me apenas se também foi vítima de bulling psicológico por causa do seu nariz quando era mais nova para tentar vingar-se nos outros.

07
Dez16

Viver em condomínio - parte 2

entrefraldaselivros

Quem disse que era fácil?

Eu cá achei que ia ser fixe, é malta porreira e nova, tudo bacano... Só que não.

Desde chamarem a polícia porque, na véspera do feriado, há pessoas com amigos em casa, em vez de ir lá bater à porta e pedir que se tenha cuidado com o barulho é logo polícia para cima, a ter bilhas de gás à entrada do prédio, com uma puxada do gás natural (porque não se tem dinheiro), a por entraves em TODAS as formas como se estacionam os carros, a não pagar cotas de condomínio... Eu sei lá.

Tenho sorte de no meu andar sermos 3, um casal mais velho mas muito porreiro, e um miúdo que tem os mesmos gostos musicais que nós e ninguém chateia ninguém (também raramente nos cruzamos).

Mas há uma coisa que me tira do sério.Botijas de gás à entrada do prédio. É uma coisa que me tem vindo a fazer uma comichão que nem sei. E o pior é que o senhor já foi chamado à razão, já se ofereceram para lhe instalar um termoacumulador, mil e uma coisas e nada.

Falem-me lá desse lado. Acham normal?

28
Nov16

Rafael Infante - Infantaria

entrefraldaselivros

Conhecem a Porta dos Fundos? O fenómeno brasileiro do youtube? Já cá veio o Fábio Porchat em modo stand-up sozinho, o Gregório Duduvier, e este fim de semana veio o Rafael Infante.

Não têm noção do quanto nos rimos. Para já interagia muito com o público, o que já por si é óptimo. Chamou pessoas ao palco, fazia brincadeiras, BRUTAL.

Estive 1h30 a rir, onde se falou da sociedade, do trânsito, de profissões, fez-se sonoplastia, falaram-se em crenças religiosas...

Ainda houve uma outra sessão ontem à tarde e agora era no Porto, acho.

Se tiverem oportunidade, não percam. Vale a pena.

02
Nov16

Não fui presa por desacato

entrefraldaselivros

Ainda cá estou!

A reunião, foi como de costume, 80% discussão sobre quem fez o quê, dois senhores quase se engalfenharam um no outro, paracee que finalmente vamos ter elevador (será que é até ao fim do ano?!?!) e uma vizinha reclamou com outra porque os cães dela fazem as necessidades no pátio e quando a senhora vai à janela vê aquele cenário; e 20% produtiva.

No fim de contas, foi desde as 20.30 +- às 22.30 pelo menos a resolver poucas questões.

O senhor do r/c ficou muito ofendido porque como tinha pago do bolso dele 300€ para desemtupir os canos, achou que isso seria também da responsabilidade de todos, mas no entanto não ia andar a bater às portas a pedir dinheiro. Claro que foi restituido do valor que gastou (se bem que a meu ver não teria de ter sido, porque eu moro no último andar, se entupir um cano meu, como é que é?)

Quero ver quando mais algum cano entupir.

AHHHH como é bom viver em comunidade...

27
Out16

Condomínio e viver em harmonia (ou não)

entrefraldaselivros

Já cá faltava...

Não morava num prédio desde que tinha 8 anos, logo há quase meio século, por isso há coisas que me fazem alguma confusão.

Como diz, e muito bem, o meu pai, lá em casa morávamos em constante reunião de condomínio, onde todos resolvíamos os nossos problemas e não tínhamos de esperar decisões acima ou abaixo.

Isto porquê, perguntam vocês?

Amanhã tenho reunião de condomínio. As duas últimas que fui foi mais perda de tempo do que outra coisa. Amanhã vai ser partir pedra. Moro lá há dois meses e não há elevador. Fizemos as mudanças de coisas bem pesadas pela escada acima. É claro que quem mora no R/C não quer saber disso para nada, nem no 1º, mas se fosse no 3º, já não ia achar muita piada. Além de que, pelo que percebi até agora, somos o único casal com uma criança. O pior é que a M. já caiu várias vezes nas escadas porque quer subir e descer rápido e acaba por se baralhar e cair. (ela NÃO PODE cair...)

Se amanhã não resolvem esta questão, acho que vou eu à caixa dos elevadores. No outro dia, a um vizinho, entupiram os canos. O homem veio furioso por ali acima para me "avisar" que tinha pago X para desentupir a casa. Eu olhei e perguntei "E?" 

Veio-se a saber que os canos na garagem estavam postos na horizontal, sem qualquer cuidado o que fazia com que, quando haviam descargas, não tinham força suficiente para descer. Toca de mudar canos... 

O senhor do R/C achou durante mais de um mês que a porta do prédio era para trancar por dentro, fazendo com que, cada vez que alguém tocava à porta, tinha de descer 3 andares para ir destrancar.. Bom para os gluteos, ao menos.

Rezem por mim...

10
Out16

Taxistas - só podem estar a gozar

entrefraldaselivros

É claro que eu tinha de vir aqui mandar uma posta de pescada. 

Então esta cambada vai perder horas de trabalho para se irem manifestar, e mal, numa manifestação que foi tudo menos ordeira, perder clientes e ainda refilam? Batem em carros descaracterizados, ofendem as pessoas...

Refilam porque não queremos andar em taxis que têm música alta, onde os condutores estão mal arranjados, cheiram mal, refilam porque a viagem é curta? Epá, pois... Eu cá desde que descobri a Uber não quero outra coisa.

Não há problemas com trocos e faturas (estranho que nos taxis 95% das vezes há), não estão mal dispostos, não andam a passear pela cidade como se fossemos turistas...

Isto está de doidos.

 

13
Abr16

A anedota

entrefraldaselivros

Cada vez que abro um jornal, ou ouço as notícias tenho a sensação que vivo num mundo anedótico.

Ora bem, deixem cá abrir a primeira página do CM, o jornal mais fidedigno português, para vos expor as principais notícias (como diria a minha antiga professora de Comunicação Sandra Afonso "Aprendam, o que não é notícia, nunca aconteceu" - vê prof, as suas aulas serviam sempre para alguma coisa)

 

Subornos a quadros do Fisco apagam dívidas de impostos
   - corromper funcionários do Fisco!? WTF?! Mas..mas...? com dinheiro e férias? É que são burros porque ainda por cima fazem as coisas de forma a que são apanhados.

 

Controlador ferroviário estava a jogar antes de acidente
Parece-me a coisa mais sensata para se fazer. Jogar enquanto se está a controlar o tráfego entre veículos onde seguem dezenas de pessoas. Genious!

 

Alunas suspensas por baterem em professora
Mas estes putos não têm educação? Bater a um adulto? A um professor que ainda por cima tem a faca e o queijo na mão? São idiotas ou quê?

..."Enquanto a mais velha segurou a docente pelos cabelos, empurrando-lhe a cabeça contra a parede, a colega, de 15 anos, insultou a professora. A agressão foi de tal forma violenta que foram arrancados cabelos à professora. Rosa Afonso foi transportada para o Hospital de Braga e teve alta ao início da noite de segunda-feira...." in Correio da Manhã

Haviam de ser minhas filhas e eu explicava muito bem como ia funcionar a cena.

 

VOCALISTA PONTAPEIA FÃ EM PALCO

E porque não um bocadinho de acção com música? Queres uma selfie, pagas, ora essa!

 

Novo Banco transfere milhares de euros por engano
Imaginem que acordam de manhã, vão ver o extrato da vossa conta para levantar dinheiro para o café e vêem uns zeros a mais na conta. Iriam achar que o multibanco estava errado certo? Mas não! Foi só um erro informático de um banco português! Como não confiar nos bancos!? Não percebo...

 

Mata marido à frente dos filhos
Pronto..O homem deu-lhe uma bofetada e ela não foi de modos e pumbas!

 

Passemos a outra fonte de informação porque o CM tem conteúdos que não consigo aceder

No sapo.pt temos:

 

Papéis do Panamá: Fisco pede informação sobre portugueses, jornalistas recusam

"Repórteres portugueses que pertencem ao Consórcio Internacional de Jornalistas consideram que "não podem, nem devem" facultar documentos.

A partir dos Panama Papers, a investigação refere que milhares de empresas foram criadas em "offshores" e paraísos fiscais para centenas de pessoas administrarem o seu património, entre eles o rei da Arábia Saudita, elementos próximos do Presidente russo Vladimir Putin, o presidente da UEFA, Michel Platini, e a irmã do rei Juan Carlos e tia do rei Felipe VI de Espanha, Pilar de Borbón"

in sapo.pt 

 

Onze distritos sob aviso amarelo devido à chuva e vento forte

Já nem sei o que diga porque estamos desde domingo em alerta amarelo e facto é que cada vez que vou almoçar está um sol que não se aguenta e eu com roupa por lavar. Estes metereologistas andam mas é com os copos.

 

​Sócrates já pode viajar para o estrangeiro

Este tipo gama milhões e anda por aí a passear. Portugal é o melhor país para se viver. És aldrabão? Vem para cá!

"José Sócrates é um dos 12 arguidos da Operação Marquês, tendo sido detido a 21 de Novembro de 2014, no aeroporto de Lisboa, indiciado pelos crimes de fraude fiscal qualificada, branqueamento de capitais e corrupção passiva para ato ilícito.

Esteve preso preventivamente mais de nove meses, tendo esta medida de coacção sido alterada para prisão domiciliária, com vigilância policial, a 4 de Setembro de 2015.

Desde Outubro que está em liberdade, mas estava proibido de se ausentar de Portugal sem autorização judicial, de contactar com outros arguidos do processo e com Termo de Identidade e Residência (TIR), medida de coacção que é comum a qualquer arguido."

 

Como podem ver, é MA-RA-VI-LHO-SO! Vai melhorando. E hoje até está calminho, houve poucas mortes, ainda não se atirou ninguém para a linha do comboio nem se ouviu gritar "Alah akhbar!" por isso... Mas o dia ainda não acabou! 

28
Jan16

Falta de civismo e respeito pelo próximo

entrefraldaselivros

São coisas que hoje em dia me assustam pela sua inexistência.

Vinha eu no meu carro há bocado quando, talvez pelo piso molhado ou por estar a pensar em 1000 problemas, uma senhora derrapou e bateu na traseira do carro que vinha à minha frente, mas com tanta força que a matricula do lesado saltou.

O que me chateou é que estavam 2 adolescentes que mandaramum embate cheio de força no encosto da cabeça. As míudas até estavam zonzas.

Eram 8.15 da manhã, toda a gente tem pressa a essa hora, eu incluída, mas parei o carro e prontifiquei-me a ajudar.

Imaginei-me a estar eu nessa situação.

Claro que há sempre chicos-espertos que dizem "esse carro não anda?!" dado que estava no meio da rua e a complicar o trânsito. Liguei para a polícia porque nenhuma das duas senhoras estava a suficientemente calma para o fazer, expliquei a situação e, como eu já sabia, participação amigável para cima delas.

Dado que aqui já eram praticamente 8.30 e já estavatudo encaminhado, deixei o meu contacto caso necessário e vim embora. O que me chateia nisto foram as dezenas de pessoas que passaram pelo local e nada de perguntar se as senhoras precisavam de alguma coisa.

É assustador como só vivemos centrados sobre nós. Quem me conhece sabe que eu sou o contrário. Sou a primeira a prontificar ajuda.

15
Dez15

A saga do IMT continua

entrefraldaselivros

Pois é caros amigos/as.

Ontem escrevi o post sobre a alteração da minha carta de condução, não foi? A seguir liguei para o sítio onde o fiz e a senhora, extremamente prestável, prontificou-se a verificar o que se passava.

Hoje telefonou-me para me dizer que o IMT está a aguardar a minha visita após o envio de um ofício no ano passado (?!?!) a requerer a minha presença para tirar os dados biométricos e uma nova fotografia.

Ora bem, se eu quisesse perder um dia no serviço tão bom que é o IMT, teria feito isso logo no ínicio.

Pois bem que vos transcrevo a minha conversa telefónica com a MARIA do IMT (deve haver poucas) (foi mais ou menos isto)

A- "Boa tarde. Precisava da sua ajuda. A minha carta de condução ainda não chegou, já a pedi há um ano e meio."

M- "Ahh, mas fez no IMT?"

A- "Não, não fiz. Fiz num balcão em Loures"

M- "Pois, as senhoras vão a essas lojinhas do cidadão que não têm meios e depois queixam-se"

A-  "Bom, essas "lojinhas" terão o mesmo sistema que o IMT, certo? Senão não se poderia fazer lá."

M- "Não, é claro que não. Tem mesmo de vir aqui para tirar uma fotografia e assinar"

A- "Se eu tivesse um dia inteiro para perder e ir para aí, tê-lo-ia feito logo de ínicio. Tem de haver uma outra forma. Com certeza podem dar autorização para fazer a mesma coisa no balcão onde tratei das coisas inicialmente."

M- "É claro que não minha senhora. Tem de vir cá. Eu não sou ninguém para autorizar isso"

A- "Eu acredito que não será necessário ir para aí para fazer uma coisa tão rápida e que demora tão pouco tempo, perdendo um dia."

M- "Pois, mas é. Tem mesmo que cá vir" (imagino pessoas que morem fora de lisboa).

A- "Eu peço desculpa mas no mesmo dia mais 2 familiares meus fizeram pedidos de cartas de condução e receberam nem um mês depois. A minha já passou um ano e 8 meses. E para além de ter pago a peso de ouro a troca dos dados ainda me diz que tenho de ir novamente dar os dados?"

M- "Sim".

A- "E não consegue dar-me outra solução? Eu não tenho um dia inteiro para perder, como todos os portugueses, para ir para aí"

M- "Não, não tenho nada a ver com isso. Isso é um problema seu."

A- "Bom, muito obrigada pelo seu serviço tão prestável".

E desligou-me o telefone na cara.

Ora bem, com isto concluo que:

- o IMT perdeu a minha foto e a minha assinatura.

- os funcionários são idiotas e em vez de ajudarem o público fazem o contrário

- esta Maria merece uma queixa no livro de reclamações

- não vou buscar carta nenhuma e se me mandarem parar tenho a guia que não tem validade e em 2034, data que tenho de fazer a revalidação da carta, logo penso nisso.

Quando os serviços funcionarem decentemente, eu tenho algum respeito, até lá, vão para um sítio onde o sol não brilha.

É o IMT, a segurança social, as finanças.... Tudo o que são serviços públicos metem medo!

Não tenham uma cunha, não, quando precisam de tratar de alguma coisa, que depois vão ver...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

O que estou a vender no OLX

Skin