Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

13
Mai15

Se fossem minhas filhas....

entrefraldaselivros

Levavam um enxerto de palmadas que tão depressa não se iam conseguir levantar. Ok, não sabemos que está por trás da história mas depois de uma semana a falar de bullying a miúdos deparo-me com um vídeo de duas miúdas das barracas (perdoem-me os esterótipos mas se não são fazem por parecer) a bater num miúdo (que parece) indefeso? E o puto nem faz nada para se tentar defender!?

Bom, se fossem minhas filhas, tivessem que idade tivessem, e eu visse isto, a vergonha que elas iam passar ia ser tão grande que não haveria psicólogo que a tratasse e não haveria fisioterapia que as pusesse no sitío porque isto não é coisa que se faça a ninguém! 

Eu tive irmãos mais velhos e mais novos e sei bem defender. Quando tocam nos meus eu viro-me ao contrário e fico fora de mim. Quando vejo injustiças a mesma coisa.

Será que ninguém faz nada? Será que o miúdo não fez nada porque não quis? Que confusão que isto me faz.

(não consigo por o vídeo mas até o Nilton já publicou as fotos das míudas em questão e o vídeo anda a circular, através de um senhor Paulo Bernardes e, pelo que li, vai passar agora na SIC).

E sim, tenho esta atitude e sou adulta, não se trata de bulliyng, não se trata de mostrar exemplos, trata-se sim de SE FOSSEM MINHAS FILHAS, lhes mostrar o que aconteceria. Não sou, nunca fui e nunca vou ser a favor da violência mas, neste caso, não vejo grande solução para isto.

Sempre houveram grupinhos nas escolas, nas minhas escolas também haviam aquelas miúdas que achavam que eram as maiores e que queriam sempre bater em todas mas eventualmente (acho eu) acabaram por se acalmar e desistir mas não deixaram de distribuir violência igualmente gratuita por aí e aterrorizar muitas crianças.

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

O que estou a vender no OLX

Skin