Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

02
Out17

A dificuldade do universo masculino

entrefraldaselivros

Eu não sei se é de mim, se é da minha personalidade, mas sou um bocado perfeccionista e organizada. Gosto de saber com o que vou contar hoje, amanhã e daqui a 4 anos.

É possível que, por isso, o meu empréstimo habitação (por exemplo) me esteja a fazer uma enorme confusão, quando há bancos com melhores condições do que o meu.

Assim, toca de por as mãos à obra e simular, pedir ajuda, imprimir folhas, reunir documentos. Aqui começa o meu drama. Como referi, sou organizada, sou metódica e sou perfeccionista. Como o crédito em questão é uma coisa a dois, não depende só de mim. Quando eu peço para reunirem 4 papeis (coisa que na loucura deve demorar uns.... 5minutos) e demoram quase uma semana a fazê-lo é de dar comigo em maluca. MESMO! 

Estamos a falar, e aqui entra a chamada de atenção a quem como nós tem créditos habitação, de uma poupança significativa no caso de ir para a frente.

Mas, estou presa porque o universo masculino deve estar no profundo alentejo, onde as velocidades são diferentes das nossas, mulheres activas que conseguem fazer multi-tasking.

Enquanto escrevo o texto já fiz o mesmo pedido pelo menos 5 vezes nos ultimos 3 dias a quem de direito e cai em saco routo. Digam lá que isto não é de arrancar cabelos?!

12
Mar15

Ninguém te mandou...

entrefraldaselivros

...esgotar os bilhetes quando eu ia comprar...

Sendo assim, e como não tenho super poderes, fico a ouvir o teu album em casa mas pelo menos não sou abalroada por 257465764 crianças (com pena não vejo o Sam the Kid, a Blaya, o Valete...) mas pronto.. Tu lá sabes, ó Dom Gula.. 

Se por acaso alguém tiver por aí entradas perdidas... 

06
Jan15

Cabeleireiro sem cabeleira?!

entrefraldaselivros

Ontem ia na demanda quase impossível de, às 18h30, conseguir cortar rapidamente o cabelo.

Fui a um cabeleireiro intitulado "Low cost" (que já sei que o é mas só no serviço)  que, estranhamente e já não é a primeira vez mas certamente foi a última, não atendem sem marcação, podendo até estar vazio.

Assim que abri a porta do estabelecimento as duas senhoras que estavam a atender as clientes e a fazer unhas de gel olham para mim e perguntam (sem sequer dizer boa tarde) "Tem marcação?" ao que respondo educadamente "Boa tarde, queria saber se é possível lavar e cortar o cabelo."

Elas olham para mim como se eu estivesse a perguntar "Desculpe mas viu passar o Obama aqui na rua?" e dizem-me "Não, a cabeleireira está de folga hoje, só se quiser marcar para amanhã". Eu olhei à minha volta para confirmar que de facto tinha entrado num cabeleireiro e estava.

Agradeci e saí não sem antes pensar: como é que num CABELEIREIRO, não há CABELEIREIRAS para fazerem o serviço?!

Assim que entrei no carro e desci um pouco a rua descobri um outro local onde fui extremamente bem atendida, muito mais agradável e onde tenciono voltar.

Odeio, abomino ir a sítios onde só "com marcação" é que podem fazer as coisas quando até podem estar sem fazer nada. É a melhor forma de perder clientes - o que acabou por acontecer. Dei o benefício da dúvida algumas vezes mas... 

06
Jan15

Reclamação de direitos, é possível?

entrefraldaselivros

Podemos reclamar direitos sobre locais? 

Ontem quando ia para casa comecei a pensar nisso. Imaginem que frequentam um sítio há imenso tempo e que o mesmo começa a ser frequentado por outro tipo de pessoas. Ora, vocês iam lá primeiro, têm direitos, não?

Podemos fazer como as crianças e chegar lá e gritar "primeiros" e passamos a ser os "mayores" dos locais outra vez, com mais pontos e tudo?

São pequenas coisas como esta que me fazem perder alguns segundos do meu dia

27
Dez14

E por aí? Tudo vivo?

entrefraldaselivros

As festas têm destas coisas. A falta de tempo. A M. está de férias comigo e requer atenção, principalmente para brincar com os 3847 brinquedos que o Pai Natal deu, sejam eles (maioritariamente) educativos ou não. Passa a tarde a pedir-me "fica aqui" ou "senta aqui mãe" e claro que não resisto e acabo por ficar horas a montar casas, brincar com plasticina, legos, fazer pistas de comboios ou fazer "pronto pronto" ao bebé que está a chorar por isso este cantinho fica um bocado desarrumado mas não esquecido. Ficou em choque quando viu o "Pai Natal" entrar pela casa e distribuir prendas e saber o nome dela. Delirava com tantos embrulhos, mesmo os que não eram para ela. Foi um fartote. O pai da M. foi um grande amor este ano. Muito atencioso aos detalhes e esmerou-se ☺ mas acho que também conseguimos superar as expectativas dele. O pior disto é que, cá em casa, quando uma coisa avaria, avariam 39 e logo nas piores alturas. Hoje de manhã, o micro-ondas decidiu fazer greve, a caixa de música não quer ser alimentada por transformadores - só quer pilhas, precisamos de pneus. Por isso, peço que 2015 venha rápido que 2014 está a sair dispendioso que chegue. Apartes que cheguem, como foram as vossas festas? Agora não se estraguem que falta passar o ano, sim?

21
Dez14

Há semanas...

entrefraldaselivros

Há semanas que deveriam acabar ao fim do 1º dia.

Esta semana, aqui para a família, não está a correr muito bem.

Um dos membros cá de casa não está muito bem...

A festa de natal da escola da M., que deveria ter sido ontem, correu muito mal. Estiveram a ensaiar com as crianças durante mais de 3 meses e ontem quando chegámos ao local não havia luz num pavilhão da Junta de freguesia.

Esperou-se por um piquete da EDP durante mais de 2h, numa época natalícia, a um sábado, onde estavam mais de 150 pessoas, com bebés incluídos, é claro que a coisa não iria correr nada bem.

A directora do colégio estava num pranto de lágrimas até que a minha irmã se lembrou (mais de 2h depois de lá estarmos e já com desistências de pais) de fazer alguma coisa util por aquilo senão não atava nem desatava.

Como com boa vontade tudo se consegue, lá fui falar com a directora e dar a ideia de, pedir aos pais e a quem tivesse telemóveis, que apontasse os flashes para o palco para pelo menos se poder fazer qualquer coisa e não dar tudo completamente perdido.

Estranhamente não se tinham lembrado disso (ou se tinham ninguém o tinha posto em prática, só para a dança de capoeira que nada tinha a ver com o colégio). Lá se conseguiu fazer alguma coisa e não perder completamente tudo, dando pelo menos as prendas às crianças, com o Pai Natal a dar.

Claro que nestas coisas há pais/avós e pais/avós. Há aquelas famílias normais e que vão as estas coisas para ver os filhos actuar (como era o nosso caso) e aquelas que, para além disso, se conseguirem mais alguma coisa, melhor ainda.

Digamos que acabei a festa a falar com a directora a acalmar a senhora pelo facto de não haver luz e a reportar outra situação mais grave e menos agradável.

Foi uma tarde nada bem passada, o que não é costume dado que até sou pacifica.

Para compensar, daqui a pouco, vamos ao Panda e aos Caricas, esperando que lá não falte a luz - era demasiado rídiculo para a minha cabeça...

 

Conselho para quem ainda tem festas dos filhos para ir: confirmem que há luz e que não pais/avós mais barraqueiros presentes.

Mas como não estamos em época disso, fica arquivado até "novas nupcias".

Caso não tenha tempo, ficam já os meus votos de boas festas!

09
Dez14

Fim de semana prolongado dá nisto...

entrefraldaselivros

É mais ou menos assim. Com o nariz igualmente vermelho e sem gorro.

Com a mala cheia de lnços de papel e cheia de frio. Já me doi tudo de tanto assoar e tenho a mãos geladas.

Gosto do inverno e de usar casacos e botas giras mas não é preciso tanto. 

Sinto-me uma autêntica cebola com tantas camadas vestidas .

Agora preciso de outro fim-de-semana só de sofá e chá, ok?

25
Nov14

Confirmações - Ou sim ou sopas

entrefraldaselivros

Não percebo porque é que o português tem este terrível hábito de não confirmar nada. Nem idas a eventos, nem idas a compromissos nem mesmo recepções de mensagens ou e-mails. NADA! 

Ultrapassa-me esta moda que se instalou (e mal) agora.

O remetente dá-se ao trabalho de enviar alguma coisa e o destinatário nem sequer se dá ao trabalho de dizer "OK". Pura e simplesmente faz-se silêncio. Vejo isso no meu trabalho, na minha vida pessoal, nas minhas amizades, em todo o lado e acho profundamente irritante.

Se o remetente envia alguma coisa, seja o que for, é porque o destinatário é, de alguma forma, importante, ou sou eu que estou a ver mal a questão? Não é merecedor de um "OK"?

Sim, já sei que todos nós temos uma vida muito atarefada e que nos esquecemos de 157654341 coisas por dia mas se o fizermos assim que recebemos já não há razões. Eu sou a pessoa mais esquecida do mundo, tenho a memória imediata de um camarão (para algumas coisas) e como já sei isso à partida, mais vale prevenir, responder logo e despachar o assunto mas há quem não o faça e deixa a pessoa do outro lado agarrada à corda bamba sem saber muito bem o que fazer. Então se eu tenho muita paciência para isso....

Se eu fizesse isso estava bem tramada.. 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

O que estou a vender no OLX

Skin