Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

03 Jul, 2014

Porta dos fundos

Vocês conhecem este colectivo?

A sério, se não conhecem, percam 2/3 minutos e vão ver no youtube.

Ontem foi o espectáculo de abertuda do festival deles no Campo Pequeno e, peripécias à parte (já lá vamos), nós fomos lá.

Já não me ria assim há muito tempo. O espectáculo em si foi só com o Fábio Porchat em género de stand up, sózinho no palco mas deu para não para de rir.

Tenho pena de não ir nos outros dias mas é mais visualização dos sketchs (que já vi várias vezes) e comentário com os actores (essa parte é que me interessaria) mas a maior parte está esgotada.

 

Ora bem, como estávamos numa de comédia, a noite não podia ser soft, nada disso.

Quando o espectáculo acabou, por volta das 23h, vamos lá embora que hoje é dia de trabalho.

Bora para o carro, que está no estacionamento (má ideia, arrisco-me a dizer péssima até). Foram mais de 45minutos até conseguirmos sair de lá porque, claro, toda a gente estacionou lá.

Bom, de mal o menos, vamos conversando e tal... Numa das subidas do parque e após mais de 30 minutos de estarmos parados, uma jovem condutora não consegue fazer o ponto de embraiagem para tirar o seu BMW novinho em folha da subida... Toca de pedir ajuda ao condutor de trás. Começam as peripécias. Toda a gente a gozar... Quem é que não sabe fazer pontos de embraiagem numa subida que não é a pique? Pois...

 

Bom, mais uns largos minutos depois, mais um carro parado... Desta vez uma longa cabeleira loira começa a abanar dentro do carro e sai. Olha para o carro imediatamente atrás dela (por sua vez, à nossa frente) e vemos uma pessoa com um aspecto completamente feminino e pensamos: "pronto.. mais um que não consegue tirar o carro".

Não, meus caros. 

O que ouvimos foi um homem, vestido inteiramente de mulher que nos diz " Esta m***** não pega, está sem bateria". Perante isto, tanto nós como as pessoas do carro da frente, que estávamos à espera de uma voz feminina, ficámos de boca aberta.

Como se não bastasse, o homem agarra no carro e começa a empurrar para tirar o carro da entrada da subida e deixar os restantes subirem para sair...

Juro que toda a situação parecia uma daquelas dos apanhados e toda a gente ficou com a mesma sensação.

Demorámos quase tanto tempo para sair do estacionamento como no espectáculo mas a vantagem foi que lá dentro também tivémos direito a divertimento, caso contrário teria sido muito chato.

 

Isto tudo para vos dizer, se conseguirem, vão ver o espectáculo e pode ser que tenham a sorte de ter um 2 em 1 como nós tivémos.

{#emotions_dlg.emplastro}{#emotions_dlg.lol}