Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Uma mãe recente, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

13
Jul16

Mudanças em nós?

entrefraldaselivros

Lembrei-me de escrever este post, sem razões específicas e sem targets mas já vi tantas pessoas passarem por isto que, se calhar, se virem exposto parece diferente e é válido para homens e mulheres.

Sabem aquela fase a que chegamos, quando temos alguém de quem gostamos mesmo, mas mesmo muito, que nos faz sentir bem e que nos eleva (nos primeiros tempos, por norma)? Chama-se a isso estar apaixonado/a. É óptimo, lindo, fantástico mas não é para sempre, meus caros.

De amar ao comodismo vai uma distância tão mínima...

Tenho visto casos em que isso é claro e isso aconteceu com um alguém que todos nós conhecemos.

Há sempre alguém que tem uma paixão assolapada, não vê mais ninguém para além da outra pessoa, afasta-se de tudo e todos, muitas vezes incluindo a família, para por a outra pessoa no centro do mundo e vai deixando arrastar. Quando repara, já não está só com essa pessoa mas também com  a mãe, o pai, os irmãos, o piriquito, o cão, o gato, os vizinhos, toda a gente. Já não é uma relação a 2 mas a  2589746 pessoas e depois é muito mais díficil.

Numa relação temos o DEVER e o DIREITO de sermos respeitados, amados, ouvidos. No entanto, é claro que deve ser recíproco. Se não o fizerem ao vosso companheiro, não podem esperar o mesmo.

Não deixem que os vossos sonhos morram ou caiam por terra por causa de alguém. Nunca é tarde para nada. 

Não deixem que vos digam que não ficam bem de branco, amarelo, rosa choque ou verde alface. Se vocês se virem ao espelho, e gostarem da imagem reflectida, se vos der um boost de confiança, cabeça erguida e bora lá.

Uma relação não é sinónimo de uma só conquista. São pequenas conquistas diárias que formam um todo. Não é por já terem aquela pessoa que se vão deitar à sombra da bananeira e descurar em tudo. Pelo contrário, aprimorem a vossa imagem, mas por vocês, não pelo outro. Quando a luta é uma constante e vale a pena, as vitórias sabem tão melhor...

 

Agora que já dei numa de psicóloga, vou voltar para o meu cantinho.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D

O que estou a vender no OLX

Skin