Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

21 Dez, 2014

Há semanas...

Há semanas que deveriam acabar ao fim do 1º dia.

Esta semana, aqui para a família, não está a correr muito bem.

Um dos membros cá de casa não está muito bem...

A festa de natal da escola da M., que deveria ter sido ontem, correu muito mal. Estiveram a ensaiar com as crianças durante mais de 3 meses e ontem quando chegámos ao local não havia luz num pavilhão da Junta de freguesia.

Esperou-se por um piquete da EDP durante mais de 2h, numa época natalícia, a um sábado, onde estavam mais de 150 pessoas, com bebés incluídos, é claro que a coisa não iria correr nada bem.

A directora do colégio estava num pranto de lágrimas até que a minha irmã se lembrou (mais de 2h depois de lá estarmos e já com desistências de pais) de fazer alguma coisa util por aquilo senão não atava nem desatava.

Como com boa vontade tudo se consegue, lá fui falar com a directora e dar a ideia de, pedir aos pais e a quem tivesse telemóveis, que apontasse os flashes para o palco para pelo menos se poder fazer qualquer coisa e não dar tudo completamente perdido.

Estranhamente não se tinham lembrado disso (ou se tinham ninguém o tinha posto em prática, só para a dança de capoeira que nada tinha a ver com o colégio). Lá se conseguiu fazer alguma coisa e não perder completamente tudo, dando pelo menos as prendas às crianças, com o Pai Natal a dar.

Claro que nestas coisas há pais/avós e pais/avós. Há aquelas famílias normais e que vão as estas coisas para ver os filhos actuar (como era o nosso caso) e aquelas que, para além disso, se conseguirem mais alguma coisa, melhor ainda.

Digamos que acabei a festa a falar com a directora a acalmar a senhora pelo facto de não haver luz e a reportar outra situação mais grave e menos agradável.

Foi uma tarde nada bem passada, o que não é costume dado que até sou pacifica.

Para compensar, daqui a pouco, vamos ao Panda e aos Caricas, esperando que lá não falte a luz - era demasiado rídiculo para a minha cabeça...

 

Conselho para quem ainda tem festas dos filhos para ir: confirmem que há luz e que não pais/avós mais barraqueiros presentes.

Mas como não estamos em época disso, fica arquivado até "novas nupcias".

Caso não tenha tempo, ficam já os meus votos de boas festas!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.