Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Não percebo porque é que o português tem este terrível hábito de não confirmar nada. Nem idas a eventos, nem idas a compromissos nem mesmo recepções de mensagens ou e-mails. NADA! 

Ultrapassa-me esta moda que se instalou (e mal) agora.

O remetente dá-se ao trabalho de enviar alguma coisa e o destinatário nem sequer se dá ao trabalho de dizer "OK". Pura e simplesmente faz-se silêncio. Vejo isso no meu trabalho, na minha vida pessoal, nas minhas amizades, em todo o lado e acho profundamente irritante.

Se o remetente envia alguma coisa, seja o que for, é porque o destinatário é, de alguma forma, importante, ou sou eu que estou a ver mal a questão? Não é merecedor de um "OK"?

Sim, já sei que todos nós temos uma vida muito atarefada e que nos esquecemos de 157654341 coisas por dia mas se o fizermos assim que recebemos já não há razões. Eu sou a pessoa mais esquecida do mundo, tenho a memória imediata de um camarão (para algumas coisas) e como já sei isso à partida, mais vale prevenir, responder logo e despachar o assunto mas há quem não o faça e deixa a pessoa do outro lado agarrada à corda bamba sem saber muito bem o que fazer. Então se eu tenho muita paciência para isso....

Se eu fizesse isso estava bem tramada.. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.