Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

Entre Fraldas e Livros

Mãe de dois, licenciada em alguma coisa (pouco) relevante que sentiu a necessidade de expressar preocupações que lhe importam e as aventuras que acontecem por aqui.

24 Set, 2019

24/9/96

Há 23 anos nasceu a criatura mais parecida comigo que, até ver, pisou esta terra. Sensível mas justa, amorosa mas bruta, amiga do próximo e sempre pronta a ajudar. A Catarina é uma Ana versão 12 anos mais nova e com mais juízo do que eu tinha na idade dela. Sabe o que quer (QB) e tem a cabeça assente. Desde pequena que é mandona (foi muito bem ensinada), não havia ninguém que lhe tentasse passar a perna. Tem um sentido de justiça apuradíssimo e, ao mesmo tempo, um coração de ouro. 

A minha irmã tem uma maturidade acima da idade do BI. Sempre teve. Ambas tiveram mas esta é a minha cara chapada. É a mais aventureira, tal como eu, o carro de combate e o saco de boxe. 

Sei que vai ser uma Mulher enorme. Tem um futuro promissor pela frente no que ela quiser e ao pé dela tem um homem que gosta muito dela.

Parabéns minha irmã bebé. Lembro-me como se fosse ontem do "bate lá agora", " tenho fome papá", "Cartarinaaa, Cartarinaaa", "pensava que era mousse...", do happy meal que comi quando soube que ia ter mais um bebé. Foste a minha preparação para a minha entrada na maternidade. Obrigada pelo que me ensinaste. Tu e a Joana ensinaram-me a ser a mãe que sou.

Amo-vos

10 Set, 2019

11/09/18

Ainda não era meia noite e há um ano eu já me contorcia com dores, internada em Santa Maria à espera que fosse tempo para o miúdo saltar cá para fora.

Daqui a umas 12horas faz um ano que ele nasceu e eu me tornei numa pessoa ainda mais rica e que a minha vida ainda veio a fazer mais sentido.

Não tinha noção que o nosso coração conseguia albergar tanto amor por pequenas criaturas.

O meu bebé bomba faz um ano. E que ano incrível foi este! Parabéns Miguel!